Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Jornal iTEIA » Iara Abreu expõe projeto que integra artes visuais e poesia

Jornal iTEIA

02.08.2015 - 16h04

Iara Abreu expõe projeto que integra artes visuais e poesia

Valdeck Almeida de Jesus teve três poemas ilustrados e participa da mostra.

Ascom: Galinha Pulando

ampliar Imagem: divulgação
Iara Abreu reúne poetas diversos e transversaliza com artes visuais

ASPECTOS URBANOS -  Artes visuais e poesia é um perfeito “dueto” cultural que traduz em imagem e literatura poética, o sentimento, a imaginação, a política, a cultura dos povos, na visão pessoal e peculiar de cada autor. Podemos “desenhar com as palavras e escrever com as linhas”. Entender, perceber, interpretar, depende da sensibilidade, interesse e conhecimento de cada um. O texto por si só fala e a imagem também por si só fala, porém, essas duas linguagens juntas, têm uma força difusora surpreendente. Estamos em um mundo por excelência visual, mas que felizmente, também fala em poesia.

"Aspectos Urbanos" é uma narrativa visual urbana, inspirada na própria vivência, na cidade com sua geometria, seus passantes, sua diversidade cultural. Seu colorido e seu aspecto físico às vezes sufocante. O sonho e a realidade de cada indivíduo, com seus questionamentos e acontecimentos decorrentes. Suas dificuldades, mas também as possibilidades que oferece a cidade, registrada em artes visuais e linguagem poética ilustrada. As ilustrações dialogam com os poemas que dialogam com as pinturas e tema.

A primeira exposição foi em 2005 no Centro Cultural de Contagem-MG, "Pinturas Urbanas", uma narrativa visual urbana, com um metro de altura por onze metros de extensão, além de outras telas já existentes sobre o tema. A exposição foi enriquecida com fragmentos do livro "Cidades Invisíveis" de Ítalo Calvino e contou também com retratos esculturais em terracota e pintura objeto.

Em 2008, o Projeto "Aspectos Urbanos" foi selecionado por edital da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, para a Galeria Paulo Campos Guimarães, em Belo Horizonte-MG e, a partir daí, recebeu convites para outros centos culturais, galerias e bibliotecas da capital mineira.

Iara acredita em ações e na força de projetos coletivos, interdisciplinaridade de linguagem, artes híbridas, intercâmbios culturais, etc. Como frequenta grupos de poetas e saraus em Belo Horizonte, MG, convidou alguns amigos poetas a participarem da exposição cedendo um, texto ou poemas que dialogassem com o tema "Aspectos Urbanos" e as imagens. Os poetas não só aceitaram o convite, como gostaram da ideia e indicaram outros poetas e a primeira exposição acabou contando com a participação de trinta e cinco poetas e sessenta e quatro poemas ilustrados.

A convite o projeto foi se instalando em vários lugares e com vários formatos sempre em diálogo com os espaços. Atualmente o projeto se compõe de um painel “urbe” (11 metros extensão), desenhos, aquarelas, fotografias, objetos como geométricos poéticos, rosário poético, totens, mini caixa arquivo de poemas ilustrados e um livro objeto, (formatado em rolo lembrando os pergaminhos, com 40 metros em poemas ilustrados); uma pequena escultura em terracota e os poemas ilustrados. O projeto conta atualmente com a participação de oitenta poetas, que gentilmente cederam seus poemas que dialogam com o tema e imagens das pinturas, o que resultou em 200 poemas ilustrados. A maioria desses poetas é de Minas Gerais, mas há alguns poetas de outros estados e países. O projeto percorreu vários espaços culturais como centros culturais e galerias divulgando essas duas linguagens. Foram distribuídas aproximadamente, nesses dez anos de existência efetiva, 50 mil cópias impressas dos poemas ilustrados, ao público presente nas mostras e no decorrer das exposições. O projeto foi ainda tema de conteúdo de curso no curso de Educação Continuada – Gestão de Projetos Culturais da PUC em 2012.

Participam desta mostra: Affonso Romano de Sant’Anna, Alice Ruiz, Valdeck Almeida de Jesus, Andréia Donadon, Angela Togeiro, Bilá Bernardes, Brenda    Marques Pena, Bruno Grossi, Cicero Cristófaro, Cláudio Bento, Clevane Pessoa, Clóvis Campelo, Dagmar Braga, Dimythryus, Diovani Mendonça, Eduardo Rennó, Efrain Bartolomé, Enrique Godoy Durán, Fátima Sampaio, Fernando Aguiar, France Gripp, Gabriel Bicalho, Graça Campos,  Jaak Bosmans, João Evangelista Rodrigues, J.B.Donadon-Leal, Jorge Emil, Jorge de Oliveira Santos, José Alcebíades Frota, José Estanislau, Jose Hilton Rosa, José Saramago, J.S.Ferreira, Karina Araújo Campos, Leonardo de Magalhaens, Luciana Campos, Luciana Tannus, Luiz Lyrio(+), Luiz Otávio Oliani, Marco Aurélio Lisboa, Marcos Assis, Marcos Fabrício,  Maria Inês Veloso de Abreu, Marta Helena dos Reis, Max Silva Moreira,  Meire Mendonça, Nela Rio, Nelci Nunes,  Neuza Ladeira, Newton Emediato Filho, Nina Reis, Norália de Mello Castro, Octávio Roggiero Neto, Paz Cerrillo, Paulinho Andrade(+), Pilar Rodriguez Aranda, Plínio Sgarbi,  Rogério Salgado,  Ronaldo Werneck, Tânia Diniz, Tchello d´Barros, Thereza Christina Rocque da Motta, Terezinka Pereira, Todd Irwin Marshall, Vanessa Campos, Vilson Barbosa, Waldemar Euzébio Pereira, Yara Darin.

Sobre a participação, Valdeck Almeida de Jesus declarou: “Pra mim é uma honra, um prazer e uma alegria estar neste trabalho de Iara Abreu, junto com tantos nomes ilustres da literatura brasileira e do exterior. Somente a arte é capaz dessas transversalidades, em que rios se entrecruzam, numa simbiose de doação, compartilhamento, aprendizado, trocas de experiências e pulsação divina... Obrigado, minha querida Iara Abreu, por oportunizar este entrelaçamento de todos nós...”

Segundo Rogério Santiago, Iara Abreu, artista mineira sensível ao coração observador que aprecia sensações aprazíveis, traça de modo generoso a visão do circundante, do arquitetural entorno. Em desenho lúdico, preenchido com a carga emotiva da cor – ela derrota a vivência da felicidade: são telas em planos arejados, na exploração simbólica dos signos contemporâneos urbanos, em que brincadeiras e depoimentos pictóricos envolvem, captam, resumem-se na atenção ao observador enlevado. O conceito moderno do desfazer/refazer para expressar se faz presente em Iara, que vai além, pós-contemporânea, pois instiga e instila na obra sua perspicaz compreensão da urbes, buscando, citadina, e de dentro, a inocente criança que permanece - fazendo adultos agradecerem: é que a prece pintada nos apetece de modo abismal.

(Rogério Zola Santiago é mestre em Crítica pela Universidade
de Indiana/USA e professor visitante nos Emirados Árabes Unidos
e membro eleito do COMUC – Conselho Municipal de Cultural de
Belo Horizonte/PBH, para o biênio 20914/2016)

SERVIÇO:
O quê: Aspectos Urbanos – Artes Visuais e Poesia pro Iara Abreu
Quando: de 07 de agosto a 15 de setembro de 2015
Horário: Diariamente de 9 às 11 e de 12 às 19h
Onde: Galeria SESI-Mariana - Rua Frei Durão, 22 – Centro – Mariana/MG
Quanto: Entrada Franca
Informações: (31) 3557-1041
 

Fontes:

http://galinhapulando.blogspot.com.br/2015/08/iara-abreu-expoe-projeto-que-integra.html


http://www.digestivoblogs.com.br/post.asp?codigo=4910&titulo=Iara_Abreu_expoe_artes_visuais_com_poesia

Este conteúdo tem 2 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

  1. Iara Abreu comentou:
    em 03.08.2015 às 11:21

    Obrigada pela divulgação. sempre muito bem vinda dando visibilidade aos nossos projetos. Iara Abreu

  2. João Evangelista Rodrigues comentou:
    em 04.08.2015 às 23:19

    Sinto-me honrado por participar deste projeto criado e executado pela minha querida amiga Iara Abreu e por compartilhar este espaço com importantes poetas brasileiros. A arte de Iara valoriza e amplia as imagens da poesia. Estudei em Mariana e tenho boas lembranças da primeira cidade de Minas, terra de poetas e de grandes artistas.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo