Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Jornal iTEIA » Dia Nacional do Escritor é comemorado com bate papo em Salvador

Jornal iTEIA

21.07.2014 - 09h47

Dia Nacional do Escritor é comemorado com bate papo em Salvador

Serão homenageados Antônio Cedraz, Lucas Yuri e Conceição Castro

Ascom: Galinha Pulando

ampliar Imagem: divulgação
Centro Cultural Plataforma sedia encontro de escritores

Com apresentação de Valdeck Almeida de Jesus e Renata Rimet, acontece no dia 25 de julho de 2014, das 14 às 17 horas, no Centro Cultural Plataforma, na Praça São Brás, em Plataforma, o 3º Bate Papo com Escritores, em comemoração ao Dia Nacional do Escritor e para destacar a importância dos escritores na formação leitora de crianças e adolescentes. O evento tem a participação especial dos escritores Antonio Cedraz, Lucas Yuri (escritor mirim) e Conceição Castro.

Homenagem Especial - a 3ª edição do Bate Papo com Escritores prestará homenagem ao escritor Antonio Cedraz através de exposição de suas obras e trajetória no Foyer do Teatro.

Anualmente promovido pelo SOFIA Centro de Estudos, através de sua Biblioteca Comunitária Paulo Freire (EMredando), a 3ª edição tem parceria com a Biblioteca Parque São Bartolomeu (EMRedando), o Centro Cultural Plataforma, Grupo Herdeiros de Angola, Projeto Fala Escritor, Chá Cultural e a Rede TOKliterário.

Maria da Conceição Braga de Castro - Baiana, nascida em Salvador é graduada em Direito pela Universidade Federal da Bahia, escritora e poeta, membro da Academia de Cultura da Bahia. Publicou os seus trabalhos no site “texto livre” e publica atualmente no “Recanto das letras” e em redes sociais. Participou de duas antologias, sendo uma resultante de concurso literário de crônicas, de âmbito internacional, para homenagear o escritor Jorge Amado, elaborado pelo escritor Valdeck Almeida de Jesus e lançada na Bienal de livros de São Paulo, por ocasião do centenário do renomado escritor. Seus poemas também foram utilizados em projeto escolar de incentivo a poesia na escola Padre Heraload Cordeiro de Barros em Pernambuco, iniciativa da educadora e poetisa Ângela Lucena. Além disso, tem também publicado suas crônicas na Tribuna da Bahia, jornal de grande circulação na capital baiana.

Lucas Yuri Bispo Pinto - baiano, natural de Salvador, nasceu em 30.01.2002, É Membro da Academia de Letras do Brasil-Seccional Suíça, cursa o 7º ano do Ensino Fundamental. Como todas as crianças, Lucas Yuri gosta estudar, brincar, ler, contar piadas, contar histórias, cantar, dançar, tocar teclado e escrever. Dos 08 livros escritos por Lucas Yuri, apenas 04 já foram publicados: A Aranha Vaidosa, 2011; O menino que achava que o planeta Terra era todo dele, 2012; A menina que queria ser uma artista completa, 2012; Quindim o Gato Raivoso, 2013; Participação na Antologia Poética Sensações do Facebook, com 03 poemas, 2013.

Antônio Luiz Ramos Cedraz, mais conhecido por “Cedraz”, nasceu em 04 de maio de 1945 na fazenda Pau Ferro, município de Miguel Calmon e cresceu em Jacobina, onde se formou professor e começou a fazer desenhos e histórias em quadrinhos. Com 16 anos (mais ou menos) ele viu um rapaz desenhando e pegou papel e lápis e fez um desenho. Mostrou ao rapaz (Uilson Morais) e ele começou a incentivar não parando mais. Formou-se professor porque em Jacobina, naquela época, era o curso mais avançado que existia. Depois, foi ser bancário e mudou-se para Salvador, pois queria continuar os estudos e fazer curso superior. Como já era casado e trabalhava no banco o dia inteiro, não podia concluir os estudos e só cursou por dois anos o curso de Artes Plásticas na UFBA. Cedraz é um dos mais importantes quadrinhistas da Bahia, principalmente na área do quadrinho infantil, gênero que alcançou o auge das historietas cômicas nas séries Lúbio, Zé Bola, Joinha, Ana, Pipoca e agora Xaxado. Durante muitos anos Cedraz vem publicando seus trabalhos na Bahia, em outros estados e até fora do país. Ele está no mercado há mais de 40 anos, sempre batalhando, lutando para abrir espaço para os quadrinhos nacionais, mas com muita humildade. Nunca desistiu da luta, mesmo que batalhasse com dificuldades e enfrentando o todo poderoso sindicato norte americano.



Fonte:
http://www.iteia.org.br/jornal/dia-nacional-do-escritor-e-comemorado-com-bate-papo-em-salvador

Este conteúdo tem 0 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo